Canais: | CMB Mobile | SMS | Newsletter | Vídeos | Youtube | Twitter | Facebook | Feeds RSS |  
Meo Kanal
  • Menu Principal
Divulgação
Consulta Pública
Gabinete de Promoção ao Investimento
Portugal 2020 - Investimentos
Roteiro das Minas
Boticas Parque
Geo Boticas
Planos Municipais de Ordenamento do Território em Vigor
Área de Reabilitação Urbana (ARU)
Plano de Urbanização de Boticas (Revisão 2013)
Equipamentos
Parque de Campismo
Piscinas Municipais
Canil
CEDIEC - Centro Europeu de Documentação e Interpretação da Escultura Castreja
Centro de Artes Nadir Afonso
Parque Arqueológico do Vale do Terva | Bobadela
CCDR
Pocto de Autarcas
Gabinete de Apoio ao Emigrante (GAE)
Comunicação de Leituras de Água
Adesão à Fatura Electrónica de Água
Contratos Públicos Online
Notícias
Sessão de Esclarecimentos sobre a Vespa das Galhas do Castanheiro
BOTICAS, 2017-06-09 14:53:57


   

Decorreu esta terça-feira, dia 6 de junho, no Auditório Municipal, uma sessão de esclarecimentos sobre a vespa das galhas do castanheiro, problema que tem afetado alguns Municípios do Alto Tâmega.

De forma a evitar a propagação desta praga no concelho botiquense, a Câmara Municipal em conjunto com a Associação Portuguesa da Castanha (REFCAST), a Cooperativa Agrícola de Boticas (CAPOLIB) e a Direção Regional da Agricultura e Pescas do Norte (DRAPN), levaram a efeito uma ação de sensibilização sobre o combate à vespa das galhas do castanheiro.

O Presidente da Câmara Municipal, Fernando Queiroga, referiu na abertura da sessão que “esta praga para além de se proliferar com muita facilidade, não tem fronteiras e é por esse motivo que a autarquia fará tudo o que estiver ao seu alcance para combater esta praga. No entanto, a disseminação da vespa das galhas do castanheiro só se torna possível com o contributo de todos os agricultores, que devem manter-se em alerta e caso detetem possíveis focos de infestação nos seus soutos, comunicar às entidades competentes”.

As orientações técnicas e o esclarecimento de dúvidas sobre esta temática foram dadas pela coordenador técnico da REFCAST, Cândido Henriques, que elucidou os produtores acerca da origem, meios de dispersão e forma de combate à vespa das galhas do castanheiro.

Segundo o especialista, “a primeira forma de combater este pequeno inseto que, após depositar os ovos nos gomos dos ramos da árvore faz com que haja uma atrofia nos novos gomos, é cortar todos as galhas visivelmente infetadas e queimá-las”.

“Em casos extremos, em que se verifique que o foco de infestação se situa entre 70% a 80%, num grupo de 3 ou 4 castanheiros, a forma mais eficaz e correta de aniquilar a praga é através de largadas biológicas do inseto “Torymus Sinensis”, que se alimenta das larvas alojadas nos castanheiros e as destrói na sua totalidade”, referiu Cândido Henriques.

Qualquer dúvida ou esclarecimento acerca deste assunto pode dirigir-se ao gabinete técnico florestal da autarquia ou à CAPOLIB.

Atenção
Este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

| Primeiro Acesso | Ficha Técnica | Mapa do Site | Política de Privacidade e Segurança | Contactos | Links | Telefones Úteis | RSS Símbolo de Acessibilidade na Web Acessos W3C Markup Validation Service
W3C CSS Validator
Optimizado para: | N 9 | FF 4 | IE 9 | OP 9 | Safari 4 | Chrome 1 | Resolução: 1280 X 768 px | Copyright © CM-Boticas - 2011