Canais: | CMB Mobile | SMS | Newsletter | Vídeos | Youtube | Twitter | Facebook | Feeds RSS |  
Meo Kanal
  • Menu Principal
Divulgação
Consulta Pública
Gabinete de Promoção ao Investimento
Portugal 2020 - Investimentos
Roteiro das Minas
Boticas Parque
Geo Boticas
Planos Municipais de Ordenamento do Território em Vigor
Área de Reabilitação Urbana (ARU)
Plano de Urbanização de Boticas (Revisão 2013)
Equipamentos
Parque de Campismo
Piscinas Municipais
Canil
CEDIEC - Centro Europeu de Documentação e Interpretação da Escultura Castreja
Centro de Artes Nadir Afonso
Parque Arqueológico do Vale do Terva | Bobadela
CCDR
Pocto de Autarcas
Gabinete de Apoio ao Emigrante (GAE)
Comunicação de Leituras de Água
Adesão à Fatura Electrónica de Água
Contratos Públicos Online
Concelho de Boticas
Geografia

O concelho de Boticas situa-se na parte norte de Portugal, na Província de Trás-os-Montes, distrito de Vila Real e encontra- se integrado na NUT III – Alto Tâmega. Faz também parte da Associação de Municípios do Alto Tâmega (AMAT), constituída pelos concelhos de Boticas, Chaves, Montalegre, Ribeira de Pena, Valpaços e Vila Pouca de Aguiar. Os concelhos de Boticas e Montalegre constituem, por seu lado, a região do Barroso, unidade paisagística e natural caracterizada por uma topografia complicada, com altas montanhas e vastos planaltos, com características singulares nos aspectos humano, económico e cultural.

Delimitado a Norte pelo concelho de Montalegre, a Este pelo de Chaves, a Sul pelos concelhos de Vila Pouca de Aguiar e Ribeira de Pena, a Oeste pelos concelhos de Cabeceiras de Basto e Montalegre, o concelho de Boticas estende-se desde a Serra do Barroso até às Serras do Leiranco e Pindo, e da Serra das Melcas ou dos Marcos até ao Rio Tâmega, ao longo de uma área de aproximadamente 322 km2.

Durante muitos séculos as características físicas do território, aliadas aos difíceis acessos, contribuíram para o isolamento da região. Nos últimos anos, esta barreira tem vindo a ser suplantada com a melhoria significativa das condições de acessibilidade, nomeadamente: a beneficiação da rede viária, EN-103 e ER-311, construção de novas vias, como a A24 e a A7, ambas concluídas, e cuja proximidade é uma mais valia, dado que encurta a distância relativamente aos grandes pólos urbanos, de que é exemplo a cidade do Porto.

Boticas tornou-se concelho no século XIX, no contexto da reforma administrativa de 1836, através do Decreto de 6 de Novembro de 1836, e corresponde a uma parte da antiga Terra do Barroso, com freguesias desanexadas aos concelhos vizinhos (Chaves e Montalegre) e ao extinto Couto de Dornelas.

Administrativamente, o concelho é, actualmente, constituído por 10 freguesias: Alturas do Barroso e Cerdedo, Ardãos e Bobadela, Beça, Boticas e Granja, Codessoso, Curros e Fiães Do Tâmega, Covas do Barroso, Dornelas, Pinho, Sapiãos, Vilar e Viveiro; subdivididas em 52 povoações.


Atenção
Este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

| Primeiro Acesso | Ficha Técnica | Mapa do Site | Política de Privacidade e Segurança | Contactos | Links | Telefones Úteis | RSS Símbolo de Acessibilidade na Web Acessos W3C Markup Validation Service
W3C CSS Validator
Optimizado para: | N 9 | FF 4 | IE 9 | OP 9 | Safari 4 | Chrome 1 | Resolução: 1280 X 768 px | Copyright © CM-Boticas - 2011