Canais: | CMB Mobile | SMS | Newsletter | Vídeos | Youtube | Twitter | Facebook | Feeds RSS |  
Meo Kanal
  • Menu Principal
Divulgação
Consulta Pública
Gabinete de Promoção ao Investimento
Portugal 2020 - Investimentos
Roteiro das Minas
Boticas Parque
Geo Boticas
Planos Municipais de Ordenamento do Território em Vigor
Área de Reabilitação Urbana (ARU)
Plano de Urbanização de Boticas (Revisão 2013)
Equipamentos
Parque de Campismo
Piscinas Municipais
Canil
CEDIEC - Centro Europeu de Documentação e Interpretação da Escultura Castreja
Centro de Artes Nadir Afonso
Parque Arqueológico do Vale do Terva | Bobadela
CCDR
Pocto de Autarcas
Gabinete de Apoio ao Emigrante (GAE)
Comunicação de Leituras de Água
Adesão à Fatura Electrónica de Água
Contratos Públicos Online
Distribuição e localização dos moinhos


Percursos Pedestres

Estes percursos foram criados a pensar em todas os apreciadores da natureza e dos circuitos tradicionais.
Use-os para descobrir a região.

  Percurso P1.1 : 3,5 Km; tempo, 2h; (só um Sentido)
   
  Percurso P1.2 : 20 Km; tempo, 7h; (circuito fechado)
   
  Percurso P1.3 : 22 Km; tempo, 8h; (circuito fechado)
 

A distribuição dos moinhos no concelho reflecte o equilíbrio possível entre o seu povoamento e as linhas de água que asseguram os caudais necessários ao seu funcionamento. Por vezes aparecem aglomerados aproveitando a mesma água. Assim, nas zonas de Boticas, Beça, Carvalhelhos e Codeçoso, que correspondem a uma zona de pequena altitude e mais povoada, os moinhos aparecem em número elevado (67 moinhos) e dispersos ao longo das linhas de água.

Na zona Leste do concelho, observa-se alguma aglomeração dos moinhos junto de três povoações, nomeadamente Ardãos (5 moinhos, a menos de 1,5 km), Bobadela (7 moinhos, a menos de 1,5 km) e Sapiãos (12 moinhos a menos de 1,5 km).

Na zona Oeste do concelho está fortemente marcada a aglomeração dos moinhos ao longo de duas linhas de água, independentemente da proximidade ou distanciamento de povoações.

Assim, ao longo de uma linha de água com origem nas Alturas do Barroso e até junto da povoação de Agrelos (numa linha que se estende por cerca de 6 km) estão situados 31 moinhos.

Também ao longo de outra linha de água que bordeja pelo sul da Serra do Barroso e entre Cerdedo e Covas do Barroso (ao longo de cerca de 10 km) estão situados 28 moinhos. Ainda assim, está também patente a aglomeração de moinhos junto de algumas povoações, nomeadamente São Salvador de Viveiro (9 moinhos a menos de 1,5 km), Covas do Barroso (15 moinhos a menos de 1,5 km) e Coimbró (7 moinhos até cerca de 0,5 km).

Deve referir-se que na parte Sul do concelho, junto de Fiães do Tâmega existe um único conjunto de cinco moinhos. A ausência de moinhos parece assim estar claramente associada a um maior afastamento entre as povoações e ao facto do território entre elas, de aptidão essencialmente florestal, estar quase despovoado.


Atenção
Este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

| Primeiro Acesso | Ficha Técnica | Mapa do Site | Política de Privacidade e Segurança | Contactos | Links | Telefones Úteis | RSS Símbolo de Acessibilidade na Web Acessos W3C Markup Validation Service
W3C CSS Validator
Optimizado para: | N 9 | FF 4 | IE 9 | OP 9 | Safari 4 | Chrome 1 | Resolução: 1280 X 768 px | Copyright © CM-Boticas - 2011